Bottas
Foto: Twitter oficial da MercedesGP

Depois de um ano de espera, e diante de uma fina chuva, Valtteri Bottas reencontrou a vitória. Contudo, o dia não foi tão bom para a sua equipe, a Mercedes, já que Lewis Hamilton não teve um resultado dos melhores. E como resultado, Max Verstappen voltou à frente no campeonato. Confira na análise.

Análise

Bottas fez exatamente o que a Mercedes queria. Foi o segundo mais rápido no treino classificatório, mas por causa da punição sofrida pelo seu companheiro de equipe Lewis Hamilton, partiu na frente. Na largada, o finlandês se manteve em primeiro e dominou a corrida, deixando a liderança apenas quando parou nos boxes. E a recuperou na pista.

Por outro lado, Lewis Hamilton teve uma corrida para se esquecer. Após ser obrigado a largar em 11º, foi escalando o pelotão até chegar ao quinto lugar. Entretanto, enquanto os outros pilotos iam aos boxes trocar os pneus, o inglês ficou na pista, esperando que ela secasse, o que não aconteceu. No final da prova, teve que se contentar com o quinto lugar.

Quem gostou da corrida ruim de Hamilton foi Max Verstappen. O holandês não conseguiu vencer, mas também não foi incomodado no segundo lugar, posição no qual terminou. A corrida do piloto da Red Bull foi, em geral, discreta.

Já Sergio Pérez, companheiro de Verstappen, chamou a atenção de todos. Largou em sétimo, foi rápido, segurou Hamilton quando este tentou passa-lo. E no final, conseguiu um terceiro lugar, voltando ao pódio após quatro meses fora dele.

Porém, o piloto do dia foi Carlos Sainz. O espanhol largou em 19º por causa de punições por troca de peças. Então, o piloto da Ferrari fez a sua recuperação, terminando em oitavo lugar. Já seu companheiro de equipe, Charles Leclerc, até chegou a liderar a corrida, mas a estratégia arriscada (semelhante a de Hamilton) não deu certo e o monegasco terminou em quarto, fora do pódio.

Campeonato de pilotos e de construtores

Com o resultado desta corrida, Verstappen é mais uma vez líder. Agora, são 262.5 pontos, enquanto que Hamilton tem 256.5. Em terceiro lugar está Valtteri Bottas, com 177, abrindo vantagem para Lando Norris, que tem 145. Sergio Pérez, o quinto, tem 135.

Dentre os construtores, a Mercedes aumentou a vantagem. São 433.5 pontos contra 397.5 da Red Bull. A McLaren vem em terceiro, com 240 contra 232.5 da Ferrari.

Agora, depois de uma semana de descanso, a Fórmula 1 fará um tour pela América, começando no dia 24 de outubro, GP dos Estados Unidos, na pista de Austin; no dia 7 de outubro, GP do México, no Hermanos Rodriguez; e no dia 14 de novembro, GP do Brasil, em Interlagos.

LEIA MAIS

Indy tem campeão espanhol e vitória de Herta na final da temporada 2021

Ataque x defesa: o choque de estilos na final da Libertadores

Anterior

Podcast 14 – Visibilidade das Paralimpíadas

Próximo

Você também pode gostar de

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *