Brasil
Jonne Roriz/COB/Twitter oficial do Time Brasil

Teve medalha de ouro histórica para o Brasil. E pela terceira vez nestes Jogos, a medalha vem do mar. O dia também teve uma partida emocionante no vôlei e decepção no vôlei de praia. Confira o dia.

Atletismo

A principal participação brasileira no atletismo foi nas finais dos 110 com barreiras. Entretanto, nem Gabriel Constantino nem Rafael Pereira avançaram à final. Ao mesmo tempo, aconteciam as prova do decatlo (prova em que o atleta compete em 10 diferentes provas do atletismo). Depois que cinco etapas da competição, Felipe dos Santos, é o nono colocado.

Hipismo

Na final individual dos saltos, Yuri Mansur, montando no cavalo Alfons, terminou em 20º lugar, Contudo, Mansur conseguiu chegar à final, e isto não pode ser menosprezado.

Natação

Assim como foi com Bruno Fratus, Ana Marcela Cunha se redimiu de frustrações em Olimpíadas anteriores. E ainda pro cima, no topo do pódio. Na maratona aquática, a brasileira se manteve entre as primeiras o tempo inteiro. E nos momentos ficais, assumiu a ponta e segurou os ataques das rivais até cruzar a linha de chegada e garantir o quarto ouro para o Brasil.

Saltos Ornamentais

A plataforma de 10 metros individual para mulheres teve a presença de Ingrid Oliveira, atleta que se envolveu numa polêmica com a companheira de saltos no Rio de Janeiro. Entretanto, Ingrid foi para Tóquio com a intenção de esquecer o passado Todavia, ela não se classificou à final, terminando a prova em 24º lugar, com pontuação total de 261.20.

Skate

Ao contrário das provas de street, o Brasil não é tão forte nas provas park (disputadas numa rampa). Mesmo assim, existia a esperança de medalha. Contudo, na prova feminina, Dora Varella e Yndiara Asp até avançaram à final, mas terminaram em ,respectivamente, sétima e oitava colocação. Isadora Pacheco também participou na prova, mas não avançou à final.

Vela

No último dia de vela, teve participação brasileira na regata por medalha na classe 470 feminina. Fernanda Oliveira e Ana Barbachan terminaram em nono lugar na classificação geral. O dia também teve a 470 masculina, mas Henrique Haddad e Bruno Bethlem  não participaram (terminaram em 16º no geral).

Vôlei

Semelhantemente a Londres-2012, a seleção feminina de vôlei cresceu ao longo da competição. Em uma partida difícil, onde houveram viradas e bastante nervosismo em ambas as partes, as brasileiras despacharam as russas por 3 sets a 1 (parciais de 23/25, 25/21, 25/19 e 25/22). Agora, elas enfrentarão a zebra Coreia do Sul nas semifinais.

Vôlei de Praia

Pela primeira vez na história olímpica, o Brasil ficará sem medalha no vôlei de praia. Alison e Álvaro foram derrotados por Plavins e Tocs por 2 set a 0 (parciais de 21/16 e 21/19). Com certeza, será necessário repensar o futuro do Brasil no esporte. Ainda mais que o próprio Alison disse em entrevista à Globo que o “Brasil está parado”.

LEIA MAIS

Brasil nos Jogos Olímpicos: confira como foi o 11º dia em Tóquio

Brasil nos Jogos Olímpicos: confira como foi o 11º dia em Tóquio

Anterior

Brasil nos Jogos Olímpicos: confira como foi o 13º dia em Tóquio

Próximo

Você também pode gostar de

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *