Fórmula 1
Foto: Twitter oficial da Red Bull Racing

Neste fim de semana, a Fórmula 1 realizou a oitava etapa da temporada 2021. Desta vez, a corrida foi a primeira da rodada dupla no circuito de Spielberg, localizado na Áustria. Entretanto, o nome oficial da prova não foi Grande Prêmio a Áustria, mas sim Grande Premio da Estíria, em referência ao estado em que a pista fica.

As emoções contudo, ficaram apenas no meio do grid. Confira na análise.

Análise

Max Verstappen, inegavelmente, dominou todo o o fim de semana. Foi o mais rápido em todos os treinos livres, fez o pole, manteve a ponta na largada e não saiu dela até receber a bandeirada. Lewis Hamilton até tentou algo diferente, mas não teve o que fazer contra o holandês. Pelo menos o heptacampeão conseguiu a volta mais rápida da prova, marcando um ponto a mais e diminuindo o prejuízo no campeonato.

Apesar de ter terminado em terceiro, Valtteri Bottas também não fez uma boa corrida. O finlandês foi apático o tempo todo e só conseguiu o pódio graças a estratégia do mexicano Sergio Pérez não der dado certo. O mexicano, por sua vez, fez uma corrida boa, mas teve que se contentar com o quarto lugar.

Se a corrida foi fraca na ponta; no meio, por outro lado, teve boas disputas e lutas por posição. E quem se deu melhor foi Lando Norris, que mais uma vez mostrou habilidade, sendo o melhor piloto do “resto” da categoria, com o quinto lugar.

Da mesma forma, a dupla da Ferrari também mostrou força. Carlos Sainz foi veloz e cumpriu a estratégia para terminar em sexto lugar. Entretanto, foi Charles Leclerc quem realmente se destacou. Após se envolver num acidente com Gasly na largada, o monegasco foi ultrapassando rivais até terminar em sétimo, garantindo pontos importantes para a Ferrari. E ainda por cima, Leclerc foi eleito o melhor piloto do dia.

Apesar de não terminar a prova, George Russell merece ser citado. Afinal, o inglês conseguiu largar em décimo lugar com a fraca Williams. E enquanto esteve na pista, esteve entre os dez primeiros, indicando que finalmente a tradicional equipe inglesa ganharia os primeiros pontos nesta temporada. Entretanto, um problema no carro forçou o abandono de Russell, para a decepção da escuderia.

Campeonato de pilotos e construtores

Ainda que Hamilton tenha conseguido o ponto extra a volta mais rápida, Verstappen é mais líder do que nunca na Fórmula 1. Agora, são 156 pontos do holandês contra 138 do inglês. Em terceiro lugar vem Sergio Pérez, com 96 pontos, enquanto que Lando Norris é o quarto, com 86.

Apesar da vitória de Verstappen, a Mercedes conseguiu diminuir um pouco a diferença. São 252 pontos para a Red Bull contra 212 da Mercedes. Em terceiro lugar vem a McLaren, com 120. Em quarto lugar vem a Ferrari, com 108.

A próxima corrida será já no domingo que vem, na mesma pista. Desta vez, a corrida será o Grande Prêmio da Áustria.

LEIA MAIS

Podcast 12 – UEFA

Podcast 12 – UEFA

Anterior

Série lugares para visitar na cidade de São Paulo: Estádio do Morumbi

Próximo

Você também pode gostar de

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *